10 DICAS PARA USAR O DIFUSOR DE AROMAS

– Assim que adquirir um difusor de aromas, coloque as varetas no frasco e vire-as, por exemplo, duas vezes por dia (de manhã e à noite) para que o líquido seja completamente absorvido pela vareta (você perceberá que ela vai adquirir um tom escuro);

– Uma vez que a vareta já está impregnada com o líquido, não é necessário virá-las mais;

– Antes de definir quantos difusores você vai precisar, lembre-se que um tem a possibilidade de aromatizar um ambiente com cerca de 25 m². Caso o local seja maior, utilize mais de um;

– A fragrância será melhor percebida em ambientes que não estejam 24 horas com janelas e portas abertas. Nesse caso, o aroma é “pulverizado” e ficará menos evidente no ambiente colocado;

– Quer que o aroma tenha uma presença no ambiente mais marcante? Então, coloque o produto na parte mais quente do cômodo, por exemplo, em um cantinho onde bate sol. Assim, o cheirinho será exalado com mais frequência e intensidade;

– Não é recomendado “misturar” fragrâncias porque uma poderá se sobrepor à outra, impedindo que você tenha o resultado aromático que deseja;

– Antes de escolher o aroma, considere que os cítricos têm uma explosão de cheiro mais intensa do que os florais.  Portanto, se quer algo marcante, fique com os cítricos como, por exemplo, capim limão e alecrim, entro outras;

– Se a ideia é ter um cheirinho mais discreto opte por um floral como, por exemplo, a lavanda, que além de tudo acalma e equilibra o local;

– Um difusor dura em média três meses. Durante esse período não é preciso substituir as varetas.  Faça isso apenas se elas estiverem sujas ou empoeiradas.

– Por fim, se for substituir o difusor por outro com aroma diferente, não reutilize as varetinhas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *