AS 5 DIFERENÇAS ENTRE OS ÓLEOS VEGETAL E ESSENCIAL

Resultado de imagem para óleo corporal vegetal e o óleo essencial
Você já deve ter percebido que eles são bem distintos na aparência, na intensidade do aroma e nos usos. Na verdade, o óleo essencial, por ser bem intenso, muitas vezes é diluído no óleo vegetal. Mas, vamos entender o que os distinguem.

Óleo convencional (vegetal) Óleo essencial
Tem textura oleosa e densa. Grau de oleosidade mais suave.
Extraído normalmente de flores, sementes ou frutos secos. Obtido por meio de extração mais variada: talos, raízes, folhas, casca de árvores ou galhos, mas também de flores, pétalas, sementes e frutos.
Seus principais benefícios: hidrata, protege e regenera a pele. Ação superficial. Muito usado pela cosmética. Tem ação terapêutica tanto para o corpo quanto para o emocional, com efeito mais profundo. Usado em tratamentos e terapias, como a aromaterapia.
Aroma superficial e menos persistente. Aroma extremamente intenso e persistente.
Podem ser usados sem indicação já que não são tóxicos. Se puro, o ideal é usar apenas com a indicação de um especialista porque há riscos de alergia e toxidade.
Óleo de amêndoas, de coco e de semente de uva são alguns exemplos. São muitas opções. Algumas delas: lavanda, lemongrass, Ylang Ylang e Pitanga entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *