CAPTAÇÃO DE ÁGUA DE CHUVA – PRÓS, CONTRAS E CUIDADOS NECESSÁRIOS PARA USAR UMA CISTERNA

Com a crise hídrica que estamos vivendo, muita gente já começa a se perguntar como suprir a falta de água. Não é porque a mídia parou um pouco de falar sobre o assunto, que o problema da escassez de água deixou de ser grave. Segundo relatório da ONU divulgado em 2015, se não for desenvolvido um trabalho de conscientização junto às pessoas do mundo inteiro, falando da importância de poupar água, dois terços da população mundial não terão como se lavar em 2050. Você pode ser uma dessas pessoas. E então, vai ficar aí parado?

Pensando nisso, pesquisei um pouquinho e descobri que é possível economizar na conta de água em até 50% utilizando uma cisterna, que nada mais é do que uma caixa de armazenamento de água. Esse método é bastante aceitável, embora tenha pontos desfavoráveis na utilização. Quer saber os prós e contras dessa técnica de captação de água pluvial? Vamos lá.

Os prós de se captar água da chuva

 É uma atitude ecologicamente responsável, pois reaproveita a água da chuva em vez de utilizar o precioso recurso hídrico potável, diminuindo sua pegada hídrica;
• Pode ser instalada em qualquer ambiente: rural ou urbano, casa ou apartamento;
• Possui diferentes capacidades, de acordo com as suas necessidades – desde mil litros até 16 mil litros;
• Ajuda a conter enchentes ao armazenar parte da água que, caso contrário, iria para rios e lagos ,e diminui sua quantidade no esgoto;
• Ajuda em tempos de crise hídrica e até está sendo utilizada em áreas do sertão nordestino como forma de combate às secas;
• Pode-se criar uma cultura de sustentabilidade ecológica nas construções, o que poderá garantir uma cisterna em cada casa construída no futuro.

Os contras de se captar água da chuva

 É necessário disciplina; as calhas devem ser limpas para impedir contaminação através de fezes de ratos ou de animais mortos e mantidas em boas condições;
• O interior da cisterna também deve ser limpado periodicamente;
• A instalação, se for ligada à rede de encanamentos da casa, precisará de um profissional para rearranjar os encanamentos (lembrando que a água não pode ser utilizada para consumo humano porque não é potável), porém, em muitos casos, o investimento é devolvido no primeiro ano, senão nos primeiros meses;
• Algumas cisternas de plástico podem deformar com o tempo ou apresentar rachaduras. Procure uma com filtro anti-UV 8 ou construa uma cisterna de alvenaria;
• Caso seja enterrada (ou subterrânea), seu custo de instalação será maior.

Alguns outros cuidados a se tomar quando for cuidar da sua cisterna

De acordo com o SIAS, (Sociedade Ibgeana de Assistência e Seguridade), não recolha as primeiras águas da chuva, pois podem conter sujeiras do telhado e por isso deve ser instalado um dispositivo que permita desviar as primeiras águas;• Deve ser bem vedada, longe dos raios do sol ou de detritos de animais, assim impede-se a proliferação de algas.

• Diante da crise hídrica, cidadãos de São Paulo começaram o Movimento Cisterna Já, uma alternativa emergencial à crise. O movimento procura promover a capacitação para aqueles que queiram fazer a captação e aproveitamento de água da chuva.

Aí você ficou sabendo o que fazer para poupar água. Analise suas possibilidades e contribua com o planeta.

Até mais, Gigi

Fonte: www.ecoefientes.com.br

 

 

 

4 Responses to “CAPTAÇÃO DE ÁGUA DE CHUVA – PRÓS, CONTRAS E CUIDADOS NECESSÁRIOS PARA USAR UMA CISTERNA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *