SEXO – COMO A CAMISINHA FEMININA PODE AJUDAR VOCÊ

Já faz tempo que a camisinha feminina existe. Ela tem a mesma finalidade do preservativo masculino, proteger contra doenças sexualmente transmissíveis.  Tradicionalmente a camisinha masculina é muito mais usada pelos casais, não se sabe se por praticidade, preconceito ou inibição da mulher. Dentre as enfermidades que são evitadas com o uso do protetor feminino estão: o HIV, gonorreia, clamídia, herpes, sífilis, HPV, além de evitar a gravidez. A psicóloga e educadora sexual Laura Muller, em entrevista concedida ao portal M de Mulher, ressalta que a proteção “deve estar sob a responsabilidade de ambos os sexos, independente de qualquer circunstância”. Entretanto, durante a relação sexual, apenas um dos preservativos deve ser usado. Vale dizer que a camisinha feminina é distribuída gratuitamente nos postos de saúde.

O preservativo feminino é composto por uma argola em cada extremidade: uma interna, menor e uma externa, maior que fica por fora da vagina protegendo a região dos grandes lábios, revestindo todo o órgão sexual da mulher e também o colo do útero.

 

Como usá-la

Dobre a argola  interna ao meio e insira pelo canal vaginal. Com cuidado, empurre toda a extensão do produto para dentro, até que a argola externa cubra perfeitamente os grandes lábios. Após a relação, segure e torça a segunda argola e remova o preservativo com muita delicadeza.

A camisinha feminina é fabricada num único tamanho, mas pode ser usada por todas as mulheres, inclusive não provoca danos à quem é alérgico ao látex.

Então, esteja sempre alerta e considere o preservativo feminino como mais uma opção na hora da relação.

 

Até mais, Gigi

 

Fonte: M de Mulher

6 Responses to “SEXO – COMO A CAMISINHA FEMININA PODE AJUDAR VOCÊ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *